Letra é som no ouvido do papel

Paulo César de Carvalho

Em Letra é som no ouvido do papel germinam apoucadas as harmonias de Euterpe e Érato. A poesia no livro não se exprime tão só no nível do sentimento e do desejo, e o tom de um modo geral não é amável. A que dá júbilo é pouco diante daquela que desperta o desejo. Do “Amor dos pés à cabeça”, passando pelo “Desiderum” e “Coração”, a sensibilidade do poeta desmente a corte amorosa, rasga a ficção literária e colide com as intrigas do amor. Este palco – o do amor – cede aos rasgos do humor chegando aos insultos: verbo afiado galhofeiro ferino e diabólico. Esta é a dimensão que me (en)canta nesta fieira de letras sem disfarce das canções em surdina: rock e pedradas na veia!”

Marco Aqueiva

Formato: 12x21 cm
ISBN: 978-85-66766-11-0
Páginas: 156
Edição: 1a
Tipo de Capa: Brochura
Ano: 2014
Idioma: Português

Sobre o autor

Paulo César de Carvalho é bacharel em Direito e mestre em Linguística pela USP, professor de Gramática, Interpretação de Texto e Redação do curso Anglo Vestibulares. Foi editor do boletim Texto & Cultura, colaborador das revistas Discutindo Língua Portuguesa, Discutindo Literatura, Arte & Informação, Libertárias, Livro Aberto, entre outras. Foi consultor da TV Futura no programa Tá Ligado? Tem poemas publicados no livro Na virada do século – poesia de invenção no Brasil (Landy Editora) e na antologia portuguesa Poezz (Almedina). Em 2010, lançou o livro de poesia Toque de Letra e, em 2012, Letra na clave é sol (ambos pela editora Nhambiquara). Ex-vocalista e letrista das bandas Os Babilaques e PCC & A Contrabanda. Tem parcerias com vários músicos da cena contemporânea, como Tatá Aeroplano, Pélico, Juliano Gauche, Danilo Moraes, Thiago Galego, Bruno Roberti e Carlos Zimbher. Sua canção “Na garrafa”, em parceria com a Trupe Chá de Boldo, alcançou o 1º lugar no Top 10 da MTV em 2013. A canção “Descarada”, com Bruno Roberti, tem a participação de Seu Jorge.